MÊS DE MARIA – Décimo sexto dia: A Purificação da Santíssima Virgem

1. Obediência de Maria;
2. Sua humildade;
3. Sua caridade.

ORAÇÕES PARA TODOS OS DIAS DO MÊS

Oração preparatória

Abri, Senhor, a minha boca para louvar o vosso Santo Nome. Purificai também o meu coração de todos os vãos, perversos e estranhos pensamentos, iluminai meu entendimento, inflamai minha vontade para que digna, atenta e devotamente possa fazer esta devoção e mereça ser atendido diante de vossa Divina Majestade. Por Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém.

V. Sede em meu favor, Deus onipotente.
R. Em me socorrer sede diligente.
V. Glória seja ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo também.
R. Como era no princípio, seja agora e sempre. Amém.

Invocação ao Espírito Santo

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor.
V. Senhor, enviai o vosso Espírito e tudo será criado.
R. E renovareis a face da terra.

ORAÇÃO

Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a iluminação do Espírito Santo, fazei que nos regulemos segundo o mesmo Espírito e que gozemos sempre da sua consolação. Por Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém.

Oração de São Bernardo à Santíssima Virgem

Lembrai-vos, ó puríssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que tem recorrido à vossa proteção, implorado vossa assistência e reclamado vosso socorro, fosse por vós desamparado. Animado eu pois com uma igual confiança a vós, Virgem entre todas singular, como a Mãe recorro. De vós me valho; e gemendo com o peso de meus pecados, me prostro a vossos pés. Não rejeiteis minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus humanado; mas dignai-vos de as ouvir propícia, e de me alcançar o que vos rogo. Amém.

Ato para antes da meditação

Eu estou na presença de Deus. Ele me vê, me ouve e penetra até o íntimo de minha alma, descobrindo nela os meus mais recônditos pensamentos e afetos. Ah, como poderei sustentar a face do Deus de toda a santidade? Sendo tão miserável pecador, quando penso em minhas numerosas infidelidades, em tantos e tão enormes atentados que tenho cometido contra o meu Criador, o temor e o remorso se apoderam de mim e quase não me atrevo a levantar os olhos para o céu… A vós me socorro, ó divina Maria. Por toda a parte vos ouço chamar o refúgio dos pecadores, a consolação dos aflitos, a Mãe de misericórdia; sede pois o meu refúgio, minha esperança, minha Mãe, e alcançai-me o perdão de vosso adorado Filho.

Piedosíssima Virgem, bem conheceis minha ignorância e fraqueza. Sem os auxílios da graça não sou capaz de bem algum; nem mesmo posso ter um bom pensamento, nem excitar um bom sentimento em minha alma. Dignai-vos, vós mesma ensinar-me a orar. Afastai de mim todas as distrações, derretei o gelo de meu coração, inspirai-me atenção, recolhimento e fervor para fazer bem esta oração.

A Purificação da Santíssima Virgem

1. Obediência de Maria;
2. Sua humildade;
3. Sua caridade.

Primeiro Ponto: Obediência de Maria

A Mãe de Deus nos dá neste mistério um grande exemplo de obediência, submetendo-se, como as outras mulheres, à lei da purificação, à qual não estava obrigada, porque, sendo Mãe de Deus e a mais pura das virgens, não tinha necessidade de purificar-se. Maria observa com exatidão todas as cerimônias da lei sem nenhuma excetuar, sem pretender dispensa alguma.
Faz ainda mais do que deve, e nós, bem longe de fazermos mais do que devemos, não fazemos a maior parte das vezes nem aquilo a que estamos rigorosamente obrigados. Quando obedecemos e quase sempre por força, de mau grado, com repugnância, o mais tarde que podemos, e por consequência sem merecimento aos olhos de Deus. Aprendamos de Nossa Mãe Santíssima a obedecer, e imitemo-la o quanto em nós couber, na prática de uma virtude que lhe é tão cara.

Segundo Ponto: A humildade de Maria

A Divina Mãe de Jesus se confunde com as mulheres ordinárias, oculta as duas admiráveis qualidades de Virgem e de Mãe de Deus que lhe mereciam os respeitos de todo o universo, e consente em parecer o que não é, o que pode abatê-la e torná-la desprezada. Ainda que descendente dos Reis de Judá e Rainha do Céu e da terra, Maria não dá senão a oferta dos pobres e evita tudo o que poderia distingui-la aos olhos dos homens. E nós, bichos da terra, não queremos parecer o que somos com efeito, isto é, pecadores e miseráveis, mas queremos ser reputados o que não somos, isto é, justos e santos. Horroriza-nos tudo aquilo que pode humilhar-nos. Não suspiramos senão por distinções honrosas. Quereríamos sempre ocupar os primeiros lugares e exceder os outros. Como poderá a humilde Maria reconhecer por seus filhos a criaturas tão miseráveis e tão cheias de orgulho?

Terceiro Ponto: A caridade de Maria

A Santíssima Virgem nos dá hoje a mais evidente prova de sua ternura, oferecendo ela própria a vítima que deve resgatar-nos e entregando à morte o seu caro Filho. Que sacrifício para o coração de uma tão terna Mãe! Porém ela conhece os desígnios de Deus. Sabe que o mundo não pode ser resgatado, senão pelo sangue deste Filho adorável. Abandona-o, portanto, à vontade de seu Pai. Entrega-o sem reserva a todos os golpes de sua formidável justiça. Poderemos nós recusar nossos corações a tão generosa Mãe? Não seríamos horríveis monstros de ingratidão, se correspondêssemos a este amor com uma fria indiferença e com uma culpável negligência no seu serviço?

ORAÇÃO

Quanto é grande a minha consolação, ó Virgem Santíssima, benigna e piedosa Maria, ouvindo pronunciar este doce nome que vos dão vossos fiéis servos, vossos filhos queridos. Mater amabilis, Mãe amável! Sim, ó minha augusta Soberana, vós sois toda amável. Vossa bondade e beleza ganharam o coração do Rei dos reis, do mesmo Deus, que põe em vós todas as suas complacências. Se vós sois tão amada de Deus, como poderei eu deixar de amar-vos, eu que me acho tão cumulado de vossos dons? Amo-vos, pois, ó minha Mãe amabilíssima; ou pelo menos desejo amar-vos, e ser um daqueles que vos amem com maior ardor. Toda a minha pena é não amar-vos quanto devo, e quanto vós mereceis. Mas, eis aqui o meu coração, o qual vos ofereço para que disponhais dele à vossa vontade e o abraseis com o sagrado fogo do vosso amor.

EXEMPLO

Ordem da Santíssima Trindade

São João da Mata, fundador da Ordem dos Trinitários, se distinguiu toda a sua vida por uma terna e sincera devoção à Santíssima Virgem. Tendo-o seus piedosos pais colocado debaixo da especial proteção da Rainha do Céu, por um voto expresso desde o seu nascimento, ele a considerou sempre como sua querida mãe e tomou como um dever o servi-la e honrá-la o quanto pudesse. Não é possível explicar quais eram os sentimentos de seu coração para com esta Mãe de misericórdia, nem o que ele fez para lhe mostrar seu respeito e amor, e para propagar seu culto por toda a parte. Na conversação ou no púlpito, até mesmo em suas cartas familiares inspirava sempre a devoção à Mãe de Deus e, a todos quantos a ele se dirigiam, excitava a que pusessem nela, depois de Jesus Cristo, toda a sua confiança. Os termos de que se servia, o zelo e fervor com que se explicava, tudo patenteava seu amor e terna devoção. A caridade que o animava não lhe permitiu ver os cristãos, seus irmãos, reduzidos à escravidão entre os infiéis sem que trabalhasse por quebrar seus grilhões. Estabeleceu na França no ano de 1108 uma ordem religiosa que tinha por fim a redenção dos escravos, e quis que esta ordem consagrada à glória da Santíssima Trindade, de que tem o nome, ficasse também debaixo da especial proteção da Santíssima Virgem. Foi ajudado nesta piedosa empresa por um santo eremita chamado Félix de Valois, animado, como ele, pelo espírito de caridade e por uma terna devoção à Santíssima Virgem. A nova ordem foi recebida com aplausos em todo o mundo cristão. Por toda parte, estes heróis da caridade cristã eram considerados como anjos visíveis que Deus tinha enviado para livrar tantos desgraçados escravos, que gemiam debaixo do jugo dos infiéis. E os povos não podiam assaz admirar o zelo que os impelia a sacrificar seus bens, suas pessoas, seus trabalhos e sua vida para despedaçar as cadeias de seus irmãos prisioneiros. Se não podemos, à imitação destes fervorosos servos de Maria, livrar os cristãos do cativeiro, temos mil outros meios de exercitar a caridade para com o próximo, e nada podemos fazer que seja mais agradável à Mãe de misericórdia.

PRÁTICA

Façamos todas as manhãs oferta do nosso coração à amável Maria.

JACULATÓRIA

Mater amabilis, ora pro nobis.
Orai por nós, ó Mãe sobre todas amável.

Ato para depois da meditação

Bendito sejais, meu Deus, pelas graças que acabais de conceder-me durante esta oração, pelas luzes e bons pensamentos que nela me destes, pelas santas impressões com que movestes meu coração, pelas saudáveis resoluções que me inspirastes. Perdoai-me as distrações, as negligências, a tibieza e a resistência à vossa graça, de que me tornei culpado. Virgem Piedosíssima, minha boa e terna Mãe, eu me lanço com uma inteira confiança em vossos braços, para achar em vosso coração um asilo seguro contra todos os perigos a que poderei achar-me exposto. Tomai-me debaixo de vossa proteção; vigiai em minha defesa; trazei-me à memória muitas vezes as minhas resoluções e alcançai-me a graça de as praticar fielmente.

ANTÍFONA

V. Toda sois formosa, ó Maria.
R. Toda sois formosa, ó Maria.
V. E não vos manchou o pecado original.
R. E não vos manchou o pecado original.
V. Vós sois a glória de Jerusalém.
R. Vós sois a alegria de Israel.
V. Vós sois a honra do vosso povo.
R. Vós sois a advogada dos pecadores.
V. Ó, Maria!
R. Ó, Maria!
V. Virgem prudentíssima.
R. Mãe clementíssima.
V. Rogai por nós.
R. Intercedei por nós a Nosso Senhor Jesus Cristo.
V. Fostes, ó Virgem, imaculada na vossa Conceição.
R. Rogai por nós ao Pai, cujo Filho destes à luz.

OREMOS

Ó, Deus que preparastes uma digna morada para vosso Filho, pela imaculada Conceição da Virgem Maria, preservando-a de toda a culpa, pela previsão da morte do mesmo seu Filho, concedei-nos pela intercessão desta Senhora, que purificados de toda a mácula, cheguemos a gozar a vossa vista. Pelo mesmo Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Trindade Santa que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Santa Maria, rogai por nós.
Santa Mãe de Deus,
Santa Virgem das virgens,
Mãe de Jesus Cristo.
Mãe da divina graça,
Mãe puríssima,
Mãe castíssima,
Mãe imaculada,
Mãe intemerata,
Mãe amável,
Mãe admirável,
Mãe do bom conselho,
Mãe do Criador,
Mãe do Salvador,
Virgem prudentíssima,
Virgem venerável,
Virgem louvável,
Virgem poderosa,
Virgem clemente,
Virgem fiel,
Espelho de justiça,
Sede da sabedoria,
Causa da nossa alegria,
Vaso espiritual,
Vaso digno de honra.
Vaso insigne de devoção,
Rosa mística,
Torre de Davi,
Torre de marfim.
Casa de ouro,
Arca da aliança,
Porta do Céu,
Estrela da manhã,
Saúde dos enfermos,
Refúgio dos pecadores,
Consoladora dos aflitos,
Auxílio dos Cristãos,
Rainha dos Anjos,
Rainha dos Patriarcas,
Rainha dos Profetas,
Rainha dos Apóstolos,
Rainha dos Mártires,
Rainha dos Confessores,
Rainha das Virgens,
Rainha de todos os Santos,
Rainha concebida sem pecado original,
Rainha assunta ao Céu,
Rainha do sacratíssimo Rosário,
Rainha da Paz,
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirai os pecados do mundo, tende piedade de nós.

ANTÍFONA

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia…

OREMOS

Infundi, Senhor, como vos suplicamos a vossa graça em nossas almas, para que nós, que pela anunciação do Anjo cremos na encarnação do vosso Filho, pela sua paixão e morte de cruz sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Pelo mesmo Jesus Cristo, Nosso Senhor.

R. Amém.

Uma consideração sobre “MÊS DE MARIA – Décimo sexto dia: A Purificação da Santíssima Virgem”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s