MÊS DE MARIA – Vigésimo sexto dia: A Assunção da Santíssima Virgem

1. A entrada triunfante de Maria no Céu;
2. A glória de que goza no Céu;
3. O poder que exerce no Céu.

ORAÇÕES PARA TODOS OS DIAS DO MÊS

Oração preparatória

Abri, Senhor, a minha boca para louvar o vosso Santo Nome. Purificai também o meu coração de todos os vãos, perversos e estranhos pensamentos, iluminai meu entendimento, inflamai minha vontade para que digna, atenta e devotamente possa fazer esta devoção e mereça ser atendido diante de vossa Divina Majestade. Por Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém.

V. Sede em meu favor, Deus onipotente.
R. Em me socorrer sede diligente.
V. Glória seja ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo também.
R. Como era no princípio, seja agora e sempre. Amém.

Invocação ao Espírito Santo

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor.
V. Senhor, enviai o vosso Espírito e tudo será criado.
R. E renovareis a face da terra.

ORAÇÃO

Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a iluminação do Espírito Santo, fazei que nos regulemos segundo o mesmo Espírito e que gozemos sempre da sua consolação. Por Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém.

Oração de São Bernardo à Santíssima Virgem

Lembrai-vos, ó puríssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que tem recorrido à vossa proteção, implorado vossa assistência e reclamado vosso socorro, fosse por vós desamparado. Animado eu pois com uma igual confiança a vós, Virgem entre todas singular, como a Mãe recorro. De vós me valho; e gemendo com o peso de meus pecados, me prostro a vossos pés. Não rejeiteis minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus humanado; mas dignai-vos de as ouvir propícia, e de me alcançar o que vos rogo. Amém.

Ato para antes da meditação

Eu estou na presença de Deus. Ele me vê, me ouve e penetra até o íntimo de minha alma, descobrindo nela os meus mais recônditos pensamentos e afetos. Ah, como poderei sustentar a face do Deus de toda a santidade? Sendo tão miserável pecador, quando penso em minhas numerosas infidelidades, em tantos e tão enormes atentados que tenho cometido contra o meu Criador, o temor e o remorso se apoderam de mim e quase não me atrevo a levantar os olhos para o céu… A vós me socorro, ó divina Maria. Por toda a parte vos ouço chamar o refúgio dos pecadores, a consolação dos aflitos, a Mãe de misericórdia; sede pois o meu refúgio, minha esperança, minha Mãe, e alcançai-me o perdão de vosso adorado Filho.

Piedosíssima Virgem, bem conheceis minha ignorância e fraqueza. Sem os auxílios da graça não sou capaz de bem algum; nem mesmo posso ter um bom pensamento, nem excitar um bom sentimento em minha alma. Dignai-vos, vós mesma ensinar-me a orar. Afastai de mim todas as distrações, derretei o gelo de meu coração, inspirai-me atenção, recolhimento e fervor para fazer bem esta oração.

A Assunção da Santíssima Virgem

1. A entrada triunfante de Maria no Céu;
2. A glória de que goza no Céu;
3. O poder que exerce no Céu.

__________
NOTA: Para uma melhor compreensão acerca da doutrina católica, no que se refere ao contido nas meditações do vigésimo quarto, vigésimo quinto e vigésimo sexto dia, onde se trata dos temas ligados à morte de Maria, sugere-se a leitura da Constituição Apostólica Munificentissimus Deus, do Papa Pio XII, onde foi apresentada a definição do Dogma da Assunção de Nossa Senhora em corpo e alma ao Céu, tendo sido promulgada em data posterior à publicação do texto do Mês de Maria.

Primeiro Ponto: A entrada triunfante de Maria no Céu

Todas as hierarquias celestes se empenham à porfia em honrar a triunfante Assunção da Mãe de Deus. Todos os Espíritos bem-aventurados vem tributar-lhe sua vassalagem e entoam cânticos à sua glória. O Céu todo parece revestir-se de um novo esplendor com a chegada da sua augusta Soberana. O mesmo Jesus Cristo sai ao encontro de sua Divina Mãe com aquele empenho que inspira a ternura e o amor e a introduz no seio da glória, no meio das repetidas aclamações de toda a corte celeste. Deus Pai recebe com bondade a sua Filha muito amada. A faz sentar no trono que lhe está preparado à direita de seu Filho. Põe sobre sua cabeça a coroa da imortalidade. Estabelece-a como Rainha do Céu e da terra. A constitui como depositária de todos seus tesouros. Ordena a todas as criaturas inteligentes que a honrem como Mãe de Deus e Soberana do Universo. Participemos com alegria dos sentimentos de toda a corte celeste neste dia tão glorioso para Maria. Felicitemo-la pela ventura e glória a que se acha elevada. Excitemos em nossos corações um vivo desejo de nos reunirmos à nossa Mãe no Céu. Peçamos-lhe que nos alcance esta graça de seu divino Filho.

Segundo Ponto: A glória de que goza no Céu

Consideremos o quanto é grande a glória de que a Santíssima Virgem goza no Céu. Esta glória é proporcionada à sua augusta qualidade de Mãe de Deus, aos tesouros de graça de que foi enriquecida, aos merecimentos de uma longa vida toda empregada na prática das mais heroicas virtudes, aos importantes serviços que fez a seu Filho, enfim à sublime santidade a que chegou. Por isso é muito mais elevada a sua glória do que a de todos os Bem-aventurados. Colocada acima de todos os Anjos e Inteligências celestes, inferior só a Deus, Maria forma uma ordem à parte e vê abaixo de si tudo o que não é Deus, tudo o que existiu, tudo o que existe, tudo o que é possível à onipotência de Deus. Prostremo–nos, pois, com profunda veneração aos pés desta grande Rainha e ofereçamos-lhe, com
todo o ardor de nossas almas, todas as homenagens de que somos capazes.

Terceiro Ponto: O poder que exerce no Céu

Maria, elevada ao mais alto grau de glória a que pode chegar uma simples criatura. Maria, objeto da admiração, das bênçãos, dos louvores de todo o Paraíso, não se esquece de seus filhos que se acham sobre a terra. É protetora, Rainha, Mãe da Igreja e de todos os fiéis. Objeto da esperança dos justos e dos pecadores, que querem converter-se. Não cessa de interessar-se em nosso favor. Procura a todos aqueles que a invocam, as mais saudáveis e preciosas graças.
Penetrados do mais profundo respeito, da mais viva confiança, do mais sincero amor para com esta Mãe amabilíssima, apliquemo-nos a servi-la, a honrá-la constantemente. Peçamos-lhe que nos proteja durante a vida e que nos introduza no Céu no momento da morte.

ORAÇÃO

Divina Mãe de Jesus, eis chegado o momento em que vós deixais a terra para vos elevardes ao Céu. Não, a terra já não merece possuir-vos. É tempo de irdes para uma habitação mais feliz e mais digna de vós. Ide, pois, amável Maria, ide receber a coroa de glória que neste mundo adquiristes. Ide gozar da recompensa que tão justamente merecestes. Ide tomar posse do trono que vos está destinado. Mas, ao menos antes que vos separeis de vossos tristes filhos, recebei suas ternas despedidas, e dignai-vos dar-lhes um penhor de vossa proteção e amor. Ó Mãe, superior a todas as mães, dulcíssima Virgem Maria, deixai–nos o vosso coração maternal, esse coração tão bom, tão terno, tão generoso, tão amável. Ficando órfãos neste vale de lágrimas, ele será para nós asilo, refúgio e socorro. Será a arca santa aonde nos refugiaremos para sermos preservados do naufrágio, até que enfim por vossa poderosa proteção tenhamos a ventura de sermos reunidos convosco no Céu.

EXEMPLO

O fervoroso missionário

O Padre Gonçalo Silveira, da Companhia de Jesus, sabendo que estava destinado por seus superiores para a missão da Etiópia, a fim de se dispor para ela, começou a trabalhar por merecer a proteção da Santíssima Virgem. Todos os dias, durante a viagem, passava muitas horas em oração, encomendando-lhe o intento, para cuja execução fora destinado pela Providência. E para obrigar ainda mais a Rainha do Céu a abençoar seu zelo, reunia todas as noites a tripulação e os passageiros para lhes falar das grandezas da Mãe de Deus, cantando todos, no fim, a Ladainha. Debaixo de seus auspícios depois de uma grande tempestade chegaram a Moçambique. Silveira apenas desembarcou, foi descalço tributar suas adorações à sua celeste protetora na igreja de Nossa Senhora do Reduto, onde ficou alguns dias em orações pedindo-lhe sempre pelo bom êxito da sua missão. Tendo passado dali ao reino de Monomotapa, que era o fim de sua viagem, apenas aí chegou, redobrou suas orações e mortificações para obrigar a Rainha do Céu a facilitar-lhe a entrada no reino e a dispor o coração do príncipe, a quem era enviado para que ouvisse as verdades que vinha anunciar-lhe. Ainda que nenhuma aparência pudesse fazer esperar a conversão deste imperador idólatra, Silveira a conseguiu pela proteção da Mãe de Deus e lhe administrou o batismo, assim como a mais de trezentos dos principais senhores de sua corte. Enfim, por cúmulo de felicidade, depois de ter disposto os africanos para receberem o Evangelho, obteve a coroa do martírio, pela qual suspirava ardentemente. Deste modo abençoa Deus os empreendimentos daqueles que só buscam sua glória e trabalham sob os auspícios da gloriosíssima Virgem.
(Motivos de confiança na Santíssima Virgem, Feller. Dicionário Histórico)

PRÁTICA

Lembremo-nos que fomos criados para o Céu, e peçamos a Maria que a ele nos conduza.

JACULATÓRIA

Vitam praesta puram; iter para tutum.
Ó Mãe amabilíssima, fazei que a nossa vida seja pura e guiai-nos no caminho do Céu.

Ato para depois da meditação

Bendito sejais, meu Deus, pelas graças que acabais de conceder-me durante esta oração, pelas luzes e bons pensamentos que nela me destes, pelas santas impressões com que movestes meu coração, pelas saudáveis resoluções que me inspirastes. Perdoai-me as distrações, as negligências, a tibieza e a resistência à vossa graça, de que me tornei culpado. Virgem Piedosíssima, minha boa e terna Mãe, eu me lanço com uma inteira confiança em vossos braços, para achar em vosso coração um asilo seguro contra todos os perigos a que poderei achar-me exposto. Tomai-me debaixo de vossa proteção; vigiai em minha defesa; trazei-me à memória muitas vezes as minhas resoluções e alcançai-me a graça de as praticar fielmente.

ANTÍFONA

V. Toda sois formosa, ó Maria.
R. Toda sois formosa, ó Maria.
V. E não vos manchou o pecado original.
R. E não vos manchou o pecado original.
V. Vós sois a glória de Jerusalém.
R. Vós sois a alegria de Israel.
V. Vós sois a honra do vosso povo.
R. Vós sois a advogada dos pecadores.
V. Ó, Maria!
R. Ó, Maria!
V. Virgem prudentíssima.
R. Mãe clementíssima.
V. Rogai por nós.
R. Intercedei por nós a Nosso Senhor Jesus Cristo.
V. Fostes, ó Virgem, imaculada na vossa Conceição.
R. Rogai por nós ao Pai, cujo Filho destes à luz.

OREMOS

Ó, Deus que preparastes uma digna morada para vosso Filho, pela imaculada Conceição da Virgem Maria, preservando-a de toda a culpa, pela previsão da morte do mesmo seu Filho, concedei-nos pela intercessão desta Senhora, que purificados de toda a mácula, cheguemos a gozar a vossa vista. Pelo mesmo Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém.

Ladainha de Nossa Senhora

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Trindade Santa que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Santa Maria, rogai por nós.
Santa Mãe de Deus,
Santa Virgem das virgens,
Mãe de Jesus Cristo.
Mãe da divina graça,
Mãe puríssima,
Mãe castíssima,
Mãe imaculada,
Mãe intemerata,
Mãe amável,
Mãe admirável,
Mãe do bom conselho,
Mãe do Criador,
Mãe do Salvador,
Virgem prudentíssima,
Virgem venerável,
Virgem louvável,
Virgem poderosa,
Virgem clemente,
Virgem fiel,
Espelho de justiça,
Sede da sabedoria,
Causa da nossa alegria,
Vaso espiritual,
Vaso digno de honra.
Vaso insigne de devoção,
Rosa mística,
Torre de Davi,
Torre de marfim.
Casa de ouro,
Arca da aliança,
Porta do Céu,
Estrela da manhã,
Saúde dos enfermos,
Refúgio dos pecadores,
Consoladora dos aflitos,
Auxílio dos Cristãos,
Rainha dos Anjos,
Rainha dos Patriarcas,
Rainha dos Profetas,
Rainha dos Apóstolos,
Rainha dos Mártires,
Rainha dos Confessores,
Rainha das Virgens,
Rainha de todos os Santos,
Rainha concebida sem pecado original,
Rainha assunta ao Céu,
Rainha do sacratíssimo Rosário,
Rainha da Paz,
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirai os pecados do mundo, tende piedade de nós.

ANTÍFONA

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia…

OREMOS

Infundi, Senhor, como vos suplicamos a vossa graça em nossas almas, para que nós, que pela anunciação do Anjo cremos na encarnação do vosso Filho, pela sua paixão e morte de cruz sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Pelo mesmo Jesus Cristo, Nosso Senhor.

R. Amém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s