Reunião entre o Superior da FSSPX e o Cardeal Ladaria

Transcrevemos abaixo com tradução da FSSPX-Portugal o COMUNICADO DA CASA GERAL DA FRATERNIDADE DE SÃO PIO X, sobre a reunião entre o Cardeal Luís Ladaria Ferrer e o Sr. Pe Davide Pagliarani, em 22 de Novembro de 2018.

*     *     *

Na quinta-feira, 22 de Novembro de 2018, o Sr. Pe. Davide Pagliarani, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal de São Pio X, esteve em Roma para responder o convite de S. Eminência o Cardeal Luís Ladaria Ferrer, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. Ele foi acompanhado pelo Sr. Pe. Emmanuel du Chalard. O Cardeal Luís Ladaria Ferrer foi assistido pelo Bispo Guido Pozzo, Secretário da Pontifícia Comissão Ecclesia Dei.

A reunião teve lugar nos escritórios da Congregação para a Doutrina da Fé, de 16:30 até 18:30. Pretendia-se permitir que o Cardeal Luís Ladaria Ferrer e o Sr. Pe. Davide Pagliarani se reunissem e trabalhassem juntos sobre a relação entre a Santa Sé e a Fraternidade de São Pio X, pela primeira vez desde a eleição de seu novo Superior Geral, em Julho passado.

Durante a entrevista com as autoridades romanas, lembrou-se que o problema fundamental é de facto doutrinal, e que nem a Fraternidade nem Roma podem eludi-lo. É por causa desta divergência doutrinal irredutível que qualquer tentativa de desenvolver um projeto de declaração doutrinária aceitável para ambas as partes não tem sido bem-sucedida por sete anos. É por isso que a questão doutrinal permanece absolutamente primordial.

A Santa Sé não diz mais nada quando afirma solenemente que o estabelecimento de um estatuto jurídico para a Fraternidade só pode ser feito após a assinatura de um documento de carácter doutrinal.

A Fraternidade é, portanto, instado a retomar a discussão teológica, bem consciente de que o bom Deus não necessariamente pede-lhe conseguir convencer seus interlocutores, mas sim dar para a Igreja o testemunho incondicional da Fé.

O futuro da Fraternidade está nas mãos da Providência e da Santíssima Virgem Maria, como evidenciado pela sua história, da sua fundação até hoje.

Os membros da Fraternidade não querem nada mais do que servir a Igreja e cooperar eficazmente na sua regeneração, inclusive dando as suas vidas pelo seu triunfo, se for necessário. Mas eles não podem escolher nem o caminho, nem os termos, nem o momento do que pertence a Deus só.

Menzingen, 23 de Novembro de 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.