Dia 19 de fevereiro – CIRCUNSTÂNCIAS DA MORTE

Vinde, ó Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso divino amor.

 

V. Mandai o vosso Espírito e tudo será criado.

R. E renovareis a face da terra.

OREMOS

Ó Deus, que doutrinastes os corações dos fiéis pela ilustração do Espírito Santo, concedei-nos que pelo mesmo Espírito Santo saibamos o que é reto e gozemos sempre de sua preciosa consolação. Amém.

ORAÇÃO PREPARATÓRIA

Senhor Meu Jesus Cristo, que tanto amor manifestastes a esse varão justo, a quem na terra dáveis o nome de pai, e que vos gozais nos louvores que damos às virtudes que ele praticou, e às grandezas e privilégios com que Vós mesmo o enriquecestes, fazei que conheçamos essas virtudes e que as pratiquemos.

Intentamos nestes cultos unir-nos ao vosso coração agradecido para com ele agradecer os benefícios que São José vos fez, e sobretudo o muito que temos nós recebido por sua intercessão.

Virgem Santíssima, Esposa amantíssima e amadíssima de São José, vós honrastes este grande santo como ele merecia ser honrado, porque conhecíeis seus méritos e o muito que ele valia, e também porque com o trato contínuo com ele e com os serviços que vos fazia, tinha obrigado o vosso coração, fazei que eu conheça suas virtudes e que as imite, para me fazer digno de seu amor.

Ó glorioso Patriarca, pai nutrício de Jesus, Esposo de Maria, pelo amor que tivestes a estes dois entes queridos, suplico-vos que me alcanceis o amor de Deus e uma devoção constante a estes meus queridos Jesus e Maria, e graça para aproveitar-me deste exercício. Amém.

DIA 19 DE FEVEREIRO

MEDITAÇÃO

Circunstâncias da Morte

PONTO 1. — É certo que morrerás. É decreto de Deus que os homens morram uma vez só. Mas quando morrerás? Morrerás
moço? Chegarás à velhice? Podes morrer hoje… podes não passar deste mês… Se morresses hoje, como te acharia a morte?…

PONTO 2. — Morrerás… não há poder para escapar da morte, mas onde morrerás? morrerás na cama? morrerás em tua casa?
morrerás assistido espiritualmente?… Nada disso sabes. Em todo lugar podes morrer, portanto em todo lugar deves estar
preparado.

PONTO 3. — Morrerás sem dúvida: mas como? Morrerás preparado? Morrerás assistido por teu confessor e fortificado com os santos sacramentos? Morrerás de morte natural? Morrerás num desastre? Morrerás de repente?… Nada disso sabes, o que porém, é certo é que quem santamente viver,
santamente costuma morrer.

FRUTO. — Pensa que pode ser hoje o último dia de tua vida.

ORAÇÃO PARA ESTE DIA

Ó Deus, que sendo admirável nos vossos santos, o sois mais no bem-aventurado José, a quem constituístes dispensador dos celestes dons sobre a vossa família, concedei-nos que sendo ajudados pelos rogos e méritos daquele, cujo nome devotamente celebramos, cheguemos com felicidade ao porto da eterna salvação. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

Para alcançar as graças que pedimos rezaremos em honra do santíssimo nome de São José quatro Pai-Nossos, Ave-Marias e Glória ao Pai com as seguintes jaculatórias:

JACULATÓRIAS

1.— Justíssimo José e Pai nutrício do Verbo encarnado alcançai-nos amor a Jesus e devoção constante a seu Sagrado Coração.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

2.— Obedientíssimo Patriarca e cabeça da Sagrada Família, por vosso amor e respeito à Imaculada Virgem nossa Mãe, eu vos peço devoção constante a esta augustíssima Rainha.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

3.— Sapientíssimo Patriarca, ilustrado com a verdadeira ciência do céu, pelos altíssimos conhecimentos que vos comunicou o Verbo e Sabedoria do Pai, peço-vos que me alcanceis fé nas verdades reveladas e a perseverança nela.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

4.— Esposo castíssimo da Esposa do Espírito Santo, e amador do amor divino, pela ardentíssima caridade com que cuidastes de vosso Deus e pelos sacrifícios que por ele sofrestes, peço-vos a virtude da caridade e amor de Deus até a morte.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

ORAÇÃO FINAL PARA TODOS OS DIAS

Felicíssimo Patriarca, tão ternamente amado de Jesus e de Maria, que vos manifestaram esse amor principalmente na morte soberanamente preciosa que tivestes. Que consolação a vossa, meu amantíssimo protetor, quando nesse derradeiro instante, Jesus e Maria, assistindo a vosso lado, defenderam vossa alma dos insultos dos inimigos e a levaram depois ao seio de Abraão. Este instante espantoso há de chegar sem remédio para nós, e ainda na hora menos pensada: que será então de nossas almas? Vossa vida inocente e as heroicas virtudes que praticastes, e sobretudo a presença de vossos queridos Jesus e Maria vos deram essa preciosa tranquilidade com que passastes deste mundo. Mas que será de nós? Iludidos pelos inimigos e pelas paixões, nos entregamos muitas vezes em suas mãos ofendendo a Jesus, que nos há de julgar! Ah! amantíssimo Protetor nosso, à vista de uma vida tão pouco conforme a nossa fé, aguardamos com espanto a morte e a conta que depois dela nos espera! Ó pai e protetor nosso, nós sozinhos não ousaríamos aparecer nesse tão justo tribunal, onde é o mesmo Deus que nos há de julgar. Vimos portanto pedir-vos por vossa preciosíssima morte e é por vosso felicíssimo trânsito, a vossa poderosíssima proteção agora, para que vivendo uma vida digna do título que levamos, mereçamos também vossa proteção e assistência na morte. Manifestai, pai amantíssimo, vosso amor em nossa morte. Protegei-nos então, protetor nosso eficacíssimo, para que morrendo na graça de Deus, vamos convosco à morada felicíssima dos justos gozar de Jesus e de Maria por toda uma eternidade. Amém.

Um comentário em “Dia 19 de fevereiro – CIRCUNSTÂNCIAS DA MORTE”

  1. Estou muitíssimo agradecida por ter conhecido no site de vocês.
    Em especial agradeço estás orações em honra de São José, pelo qual tenho muita devoção.
    Muito obrigada!
    Salve Maria!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.