19 de março – Porque foi tão feliz a morte de São José

Vinde, ó Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso divino amor.
V. Mandai o vosso Espírito e tudo será criado.

R. E renovareis a face da terra.

OREMOS

Ó Deus, que doutrinastes os corações dos fiéis pela ilustração do Espírito Santo, concedei-nos que pelo mesmo Espírito Santo saibamos o que é reto e gozemos sempre de sua preciosa consolação. Amém.

ORAÇÃO PREPARATÓRIA

Senhor Meu Jesus Cristo, que tanto amor manifestastes a esse varão justo, a quem na terra dáveis o nome de pai, e que vos gozais nos louvores que damos às virtudes que ele praticou, e às grandezas e privilégios com que Vós mesmo o enriquecestes, fazei que conheçamos essas virtudes e que as pratiquemos.

Intentamos nestes cultos unir-nos ao vosso coração agradecido para com ele agradecer os benefícios que São José vos fez, e sobretudo o muito que temos nós recebido por sua intercessão.

Virgem Santíssima, Esposa amantíssima e amadíssima de São José, vós honrastes este grande santo como ele merecia ser honrado, porque conhecíeis seus méritos e o muito que ele valia, e também porque com o trato contínuo com ele e com os serviços que vos fazia, tinha obrigado o vosso coração, fazei que eu conheça suas virtudes e que as imite, para me fazer digno de seu amor.

Ó glorioso Patriarca, pai nutrício de Jesus, Esposo de Maria, pelo amor que tivestes a estes dois entes queridos, suplico-vos que me alcanceis o amor de Deus e uma devoção constante a estes meus queridos Jesus e Maria, e graça para aproveitar-me deste exercício. Amém.

DIA 19 DE MARÇO

MEDITAÇÃO

Porque foi tão feliz a morte de São José

PONTO 1. — A morte de São José foi felicíssima porque foi a morte do justo. Ao justo mandou Deus dizer que se alegrasse porque lhe iria bem na morte, e que nesse momento há de receber o prêmio e fruto do que sofreu e praticou em vida. Como foi até agora a tua vida?

PONTO 2. — A morte de São José foi a morte do servo fiel, a quem Nosso Senhor constituiu sobre sua família. Cumpriu ele fielmente seu ministério, foi guarda diligente de Jesus, esposo fidelíssimo de Maria. Que felicidade escutar na morte aquelas palavras: alegra-te, servo fiel, entra no gozo do teu Senhor. Como serves tu a Deus?

PONTO 3. — Foi São José administrador da herança e riqueza que Deus tinha na terra. Mas que conta tão boa soube ele dar! Guardou e defendeu a Jesus, alimentou a Deus, conservou a vida de Deus, foi custódio da Virgem Imaculada, Maria. Na hora da morte era justo que Deus lhe pagasse, que lhe pagasse Nossa Senhora… Agora é feliz para sempre!

FRUTO. — Pergunta-te frequentemente: como quereria ter servido a Deus na hora de minha morte?

ORAÇÃO

RESPONSÓRIO DE SÃO JOSÉ

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

De Jesus pai adotivo, Esposo da Virgem bela. Casto, fiel, justo, santo, Tudo alcança dele e dela.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

De Belém no pobre albergue Adora o infante divino Desterrado o guarda e ampara Perdido acha o Menino.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

Com teu trabalho alimenta Do universo o grande autor O Filho do Eterno Padre Lhe obedece com amor.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

Assistindo-lhe na morte, Vê Jesus e vê Maria, Que em brando sono lhe tornam Mortal extrema agonia

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

ANTÍFONA — Eis aqui o servo fiel e prudente a quem o Senhor deu o governo da família.

V. Rogai por nós, bem-aventurado São José.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Para alcançar as graças que pedimos rezaremos em honra do santíssimo nome de São José quatro Pai-Nossos, Ave-Marias e Glória ao Pai com as seguintes jaculatórias:

JACULATÓRIAS

1.— Justíssimo José e Pai nutrício do Verbo encarnado alcançai-nos amor a Jesus e devoção constante a seu Sagrado Coração.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

2.— Obedientíssimo Patriarca e cabeça da Sagrada Família, por vosso amor e respeito à Imaculada Virgem nossa Mãe, eu vos peço devoção constante a esta augustíssima Rainha.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

3.— Sapientíssimo Patriarca, ilustrado com a verdadeira ciência do céu, pelos altíssimos conhecimentos que vos comunicou o Verbo e Sabedoria do Pai, peço-vos que me alcanceis fé nas verdades reveladas e a perseverança nela.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

4.— Esposo castíssimo da Esposa do Espírito Santo, e amador do amor divino, pela ardentíssima caridade com que cuidastes de vosso Deus e pelos sacrifícios que por ele sofrestes, peço-vos a virtude da caridade e amor de Deus até a morte.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

ORAÇÃO FINAL PARA TODOS OS DIAS

Felicíssimo Patriarca, tão ternamente amado de Jesus e de Maria, que vos manifestaram esse amor principalmente na morte soberanamente preciosa que tivestes. Que consolação a vossa, meu amantíssimo protetor, quando nesse derradeiro instante, Jesus e Maria, assistindo a vosso lado, defenderam vossa alma dos insultos dos inimigos e a levaram depois ao seio de Abraão. Este instante espantoso há de chegar sem remédio para nós, e ainda na hora menos pensada: que será então de nossas almas? Vossa vida inocente e as heroicas virtudes que praticastes, e sobretudo a presença de vossos queridos Jesus e Maria vos deram essa preciosa tranquilidade com que passastes deste mundo. Mas que será de nós? Iludidos pelos inimigos e pelas paixões, nos entregamos muitas vezes em suas mãos ofendendo a Jesus, que nos há de julgar! Ah! amantíssimo Protetor nosso, à vista de uma vida tão pouco conforme a nossa fé, aguardamos com espanto a morte e a conta que depois dela nos espera! Ó pai e protetor nosso, nós sozinhos não ousaríamos aparecer nesse tão justo tribunal, onde é o mesmo Deus que nos há de julgar. Vimos portanto pedir-vos por vossa preciosíssima morte e é por vosso felicíssimo trânsito, a vossa poderosíssima proteção agora, para que vivendo uma vida digna do título que levamos, mereçamos também vossa proteção e assistência na morte. Manifestai, pai amantíssimo, vosso amor em nossa morte. Protegei-nos então, protetor nosso eficacíssimo, para que morrendo na graça de Deus, vamos convosco à morada felicíssima dos justos gozar de Jesus e de Maria por toda uma eternidade. Amém

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.