:: INSTITUCIONAL :: NOTÍCIAS E ATUALIDADES :: SERMÕES

Sermão da primeira Santa Missa celebrada na Capela Santo Agostinho

... é necessário que todos nós tenhamos a consciência da grandeza do que está se realizando aqui neste local, na Igreja Santo Agostinho. Não há nenhum outro lugar no Brasil em que uma igreja dedicada à Missa Tradicional esteja sendo construída, e continua sendo construída, e vão as paredes se levantando para que rapidamente ela esteja terminada. O Brasil está de olho nesse pequeno pedaço de terra. O Brasil tem mandado sua ajuda, gente de toda parte, para que a gente não pare.

Por Dom Lourenço Fleichman, em 22/06/2021

Caríssimos irmãos,

Acho que essa missa de hoje é um evento histórico para nós. É claro que se fosse já a inauguração da igreja, ela prontinha, toda bonitinha, pintadinha, seria muito mais importante. Mas, o fato é que graças a esse grande esforço que foi feito nesses últimos meses nós podemos a partir de hoje ter nossas reuniões, nossas missas aqui na nossa igreja. Isso muda tudo pra nós. Agora nós temos um lugar.

Ainda não temos um altar definitivo, mas nós temos pelo menos um altar montado. Agora o sacrifício de Nosso Senhor Jesus Cristo já acontece! Como se um raio do céu viesse e iluminasse para sempre este lugar, porque o Santo Sacrifício da Missa está sendo celebrado… a transubstanciação vai acontecer daqui a pouco pela primeira vez debaixo desse teto, para que se repita, e se repita, e se repita… por gerações e gerações, formando essas crianças, formando nossas famílias em torno do altar, em torno de Nosso Senhor Jesus Cristo. Já não tem mais desculpa para nenhuma das nossas famílias de achar que isso aqui é longe. Se é longe hoje, é longe amanhã, é longe depois de amanhã, e será sempre longe. Então, das duas, uma: ou nós temos que ir ao longe para termos nosso domingo, ou não teremos nosso domingo. Mas se nós somos membros da Capela Santo Agostinho, então é aqui. O Paraíso também é longe, o Céu também é longe, muito mais longe do que aqui e, no entanto, todos querem ir pro Céu.

Então é necessário que todos nós tenhamos a consciência da grandeza do que está se realizando aqui neste local, na Igreja Santo Agostinho. Não há nenhum outro lugar no Brasil em que uma igreja dedicada à Missa Tradicional esteja sendo construída, e continua sendo construída, e vão as paredes se levantando para que rapidamente ela esteja terminada. O Brasil está de olho nesse pequeno pedaço de terra. O Brasil tem mandado sua ajuda, gente de toda parte, para que a gente não pare.

Evidentemente dá um sabor, dá um prazer nós vermos as paredes se levantando. Vejam como muda tudo. Uma vez levantada a estrutura nós já sentimos uma presença diferente, de alguma coisa. Antes nosso olhar passava, ia embora pro horizonte. Agora, não. Agora os volumes começam a aparecer porque tem paredes. É assim quando a gente faz uma casa. Quando tiver tudo pintadinho vai aparecer mais ainda. E vai dando cada vez mais a noção de um lugar transformado, onde os homens vem se reunir. Nas casas, para sua vida de família. Aqui para a família espiritual, formando uma pequena comunidade católica, uma pequena paróquia católica. Por mais que nós sejamos marginalizados pelas autoridades da Igreja, o que nós temos pra ensinar é a verdadeira Missa, é a verdadeira fé, é a Palavra do Evangelho a tempo e contratempo como nós acabamos de ouvir São Paulo dizendo: Prega a tempo e contratempo, porque virá tempo em que já não suportarão a sã doutrina. O que é a sã doutrina senão aquilo que a Igreja nos ensina há dois mil anos. E o que é aquilo que é ensinado hoje nas paróquias? Algo diferente! E é por isso que nós viemos nos refugiar aqui, e Deus abençoando este refúgio… onde Jesus nasce, onde Jesus virá na transubstanciação: Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Cristo presente.

Hoje é um dia histórico! Entendam isso, levem isso para suas casas! Hoje aconteceu um milagre aqui.  Nós já tivemos em alguns lugares diferentes celebrando Missa, alguns muito pequenininhos, mas nós nunca tivemos um lugar nosso, um lugar onde Jesus Cristo diga: é meu lar, é minha casa. Vocês estão aparelhando a minha casa para que Eu possa nascer todos os dias para vocês.

Venham! Venham para o catecismo, venham para o terço, venham assistir à Missa filmada em Niterói, venham para formar o espírito de família que nós precisamos. Não fujam, não deem falsas desculpas. Cansaço…, longe…, nada disso vai explicar a ausência em nossas atividades. Nós precisamos ter todos em torno do altar, em torno da morte de Cristo, em torno de Sua ressurreição.

Então, que este momento histórico que nós estamos vivendo aqui hoje com essa Santa Missa. É uma grande alegria para todas as nossas famílias, uma grande recompensa por todos os esforços que foram feitos até aqui. E que isso possa perdurar.

Na hora que tivermos um Priorado da Fraternidade São Pio X em Fortaleza, a Capela Santo Agostinho, de Parnaíba, é a primeira capela do Priorado. O Priorado é casa matriz e a primeira capela é Parnaíba. Isso significa que haverá uma vinda de padres, não vou dizer toda semana talvez, mas de quinze em quinze dias. E aí, como é que fica a nossa vida? Quando nós tínhamos duas Missas por ano, ou nem isso, e vocês tinham que entrar em um carro pra ir até Fortaleza… Daqui a pouco pode ser que nós possamos dizer: sim, agora nós temos Missa de quinze em quinze dias. Os padres vêm lá de Fortaleza e ficam aqui vários dias atendendo as confissões, vendo as famílias, batizando, casando, e a vida de paróquia católica vai se formando aqui. Contra ventos e marés, a tempo e contratempo.

Então na Missa de hoje, apesar da tristeza de estarmos rezando por um falecido que não precisava ter morrido, no mundo estranho que a gente vive com essa doença mais estranha ainda, mas, é com grande alegria que nós nos reunimos aqui para agradecer a Deus. Agradecer por todas as graças que Ele nos tem dado, e que nós tenhamos uma coesão, uma união muito grande, muito forte, todas as famílias em torno do Nosso Senhor. E que Santo Agostinho nos proteja também, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém!

3 comentários em “Sermão da primeira Santa Missa celebrada na Capela Santo Agostinho

  1. Márcio Regis

    Grande dia foi para todos. Uma grande benção enviada do céu em que poucos tiveram esse previlegio de estar ali. Pena que para alguns caiu entre espinhos essas palavras: ” Venham! Venham para o catecismo, venham para o terço, venham assistir à Missa filmada em Niterói, venham para formar o espírito de família que nós precisamos. Não fujam, não deem falsas desculpas. Cansaço…, longe…, nada disso vai explicar a ausência em nossas atividades. Nós precisamos ter todos em torno do altar, em torno da morte de Cristo, em torno de Sua ressurreição.” Que Santo Agostinho nos fortaleça no bom combate.

    Curtir

  2. Felipe Costa

    Deo Gratias! Belíssimo Sermão de Dom Lourenço, que Deus conceda através da intercessão de Santo Agostinho o aumento deste apostolado!

    Curtir

  3. Airton José

    Fico feliz pela capela está quase pronta, estou ansioso para conhecer e me apaixonar pela missa de sempre, Deus abençoe Dom Lourenço e todos nós, salve Maria

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: