Arquivo da tag: Consagrações

Consagração a Nossa Senhora Aparecida

Ó Virgem Santíssima, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil, eis-nos prostrados suplicantes, aos pés do Vosso trono, na certeza de obter de Vossa misericórdia as graças e a ajuda oportuna nas calamidades presentes, não em virtude de nossos méritos, que são poucos, mas unicamente pela imensa bondade do Vosso Coração maternal.

Os abomináveis pecados do mundo, as perseguições dirigidas contra a Igreja de Jesus Cristo, mais ainda, a apostasia das nações e de tantas almas cristãs, em suma, os esquecimentos por parte da maioria dos homens de que sois a Mãe da Divina Graça, tudo isso é agonia para Vosso Coração Doloroso e Imaculado, tão unido, em sua compaixão, aos sofrimentos do Sagrado Coração de Vosso Filho.

Nesses tempos calamitosos em que tantas almas se perdem viemos ao vosso Santuário suplicar a vossa proteção sobre nossas famílias, dilaceradas pela discórdia e pelo flagelo do divórcio.

Pedimos pelos nossos filhos, atraídos covardemente por um mundo apóstata da fé, que lhes acena com falsos prazeres, as drogas e uma impressionante  revolta contra a autoridade de Deus e de seus pais.

Pedimos também pela nossa Pátria, esquecida de vós e do Coração de vosso Filho, ela que nasceu sob o manto da Santa Cruz e que tantas glórias já trouxe para a Santa Igreja Católica, em tempos de maior devoção e vida católica.

Não permitais que os próximos anos se transformem em perseguições sorrateiras e silenciosas contra os direitos de Deus e de sua Igreja.

Dai-nos as graças que nos são tão necessárias para resistir a tantas mentiras e enganações, e fazei que sejamos fiéis às promessas do nosso Santo Batismo. Queremos viver sob o vosso manto e sob vossa maternal proteção e para tanto, consagramos nossas almas como filhos amorosos e confiantes, prometendo o esforço de nunca abandonar a oração do Terço e a devoção ao vosso Imaculado Coração, última tábua de salvação.

Assim seja.

Consagração à Santíssima Virgem

Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus e minha Mãe, Rainha do Céu e da terra, obra prima das mãos do Onipotente, digno objeto das complacências da Santíssima Trindade, espelho admirável de todas as virtudes, permiti que no fim deste mês de salvação e de graças me lance a vossos pés para vos oferecer a homenagem do meu reconhecimento e da minha inteira consagração. Eu desejara, ó Mãe de bondade, possuir os corações de todos os homens, para vo-los apresentar; quisera a cada instante tributar-vos todas as honras que os Anjos e Santos vos tributam e vos hão de tributar para sempre no Céu. Mas, sendo impossível satisfazer aos meus desejos, quero ao menos fazer tudo quanto está ao meu alcance. Prostrado junto de vosso majestoso trono, com o coração repassado da mais profunda veneração e do mais entranhável amor, na presença do Santo Anjo da minha guarda e de toda a corte celeste, vos escolho por minha Rainha, minha Soberana Senhora, minha Protetora e minha Mãe. E nesta qualidade vos consagro por uma dádiva inteira e irrevogável meus bens, meu corpo, minha alma, meus sentidos, minhas faculdades, minha pessoa e minha vida. Tomo a resolução de nunca me envergonhar do vosso culto, de defender vossa honra contra todos aqueles que quiserem atacá-la na minha presença, e de me gloriar sempre de ser vosso servo e vosso filho submisso e obediente. Nunca deixarei passar um só dia, sem que vos tribute minha vassalagem e vos dirija minhas orações. Ó minha amável Mãe, como poderia eu esquecer-me de vós um só dia, se vós todos os dias vos lembrais de mim e não cessais de ocupar-vos da minha felicidade?

Ó Virgem Santíssima, eis aqui, pois, desde este momento todo consagrado ao vosso serviço. Eu sou vosso, pertenço-vos inteiramente. Quanto não posso, quanto não devo esperar debaixo de vosso amável império! Permiti que no meio da alegria que sinto ao considerar tanta ventura, eu comece a por em prática esta piedosa confiança que me inspirais. Deste vale de lágrimas invoco a vossa assistência. Bem vedes os perigos que me cercam. Vedes o furor dos inimigos que me atacam. Sois a dispensadora das graças, podeis tudo para com Deus. E, enfim sois minha Mãe amabilíssima, e a mais terna das mães. Seria possível, ó Virgem Maria, que vos interessásseis menos na minha salvação do que o inferno se interessa na minha perda? Ó Mãe de bondade, Mãe de misericórdia e de amor, tende compaixão de uma alma que se gloria de pertencer-vos. Afastai os perigos a que estou exposta, dissipai os meus cruéis inimigos, sustentai minha fraqueza, assisti-me em todos os momentos de minha vida, dirigi-me até o fim da minha carreira no mar tempestuoso deste mundo, e conduzi-me ao porto da feliz eternidade, onde espero bendizer-vos, louvar-vos e amar-vos com todos os escolhidos sem reserva e sem fim. Amém.

Para o dia de São José: Ato de consagração ao glorioso patriarca São José

Prostrados aos vossos pés, eis-nos aqui, gloriosíssimo José. Injustiça seria não reconhecer os benefícios sem número que de vós havemos recebido, e negra ingratidão deixar de manifestar-vos o nosso reconhecimento. E que faremos nós, e que vos daremos, pobres e sem méritos como somos? Pois isso é o que viemos oferecer-vos. Nada valemos, nada podemos, mas o que temos, nossa vida, nossas forças, nossa atividade e quando menos, nosso bom desejo, isso vos oferecemos. Doravante nos propomos consagrar-nos inteiramente a vosso serviço, e não somente nós, senão que trabalharemos quanto estiver em nossas forças, em que sejais de todos conhecido e amado, em que se propague vossa devoção para que sejam cada dia mais os que vos honrem e participem de vossas graças. Somos fracos e inconstantes, bem o sabemos e choramos, mas por isso mesmo vimos a vós, para que intercedais por nós e nos alcanceis de Deus a graça e a perseverança nela. Lembrai-vos que ninguém recorreu a vós que fosse rejeitado. Acolhei-nos a nós, aceitai-nos por vossos servos, agora e por vossos companheiros e filhos no céu. Amém.

 

Oração a São José

A vós, São José, recorremos em nossa tribulação e, depois de ter implorado o auxílio de Vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança solicitamos também o Vosso patrocínio. Por este laço sagrado de caridade que Vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente Vos suplicamos que lanceis um olhar benigno para a herança que Jesus Cristo conquistou com seu Sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o Vosso auxílio e poder. Protegei, ó Guarda providente da Divina Família, a raça eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas; e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus contra as ciladas de seus inimigos e contra toda adversidade. Amparai a cada um de nós com o Vosso constante patrocínio a fim de que, a Vosso exemplo e sustentados por Vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém.