Arquivo da tag: Devoções

19 de março – Porque foi tão feliz a morte de São José

Vinde, ó Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso divino amor.
V. Mandai o vosso Espírito e tudo será criado.

R. E renovareis a face da terra.

OREMOS

Ó Deus, que doutrinastes os corações dos fiéis pela ilustração do Espírito Santo, concedei-nos que pelo mesmo Espírito Santo saibamos o que é reto e gozemos sempre de sua preciosa consolação. Amém.

ORAÇÃO PREPARATÓRIA

Senhor Meu Jesus Cristo, que tanto amor manifestastes a esse varão justo, a quem na terra dáveis o nome de pai, e que vos gozais nos louvores que damos às virtudes que ele praticou, e às grandezas e privilégios com que Vós mesmo o enriquecestes, fazei que conheçamos essas virtudes e que as pratiquemos.

Intentamos nestes cultos unir-nos ao vosso coração agradecido para com ele agradecer os benefícios que São José vos fez, e sobretudo o muito que temos nós recebido por sua intercessão.

Virgem Santíssima, Esposa amantíssima e amadíssima de São José, vós honrastes este grande santo como ele merecia ser honrado, porque conhecíeis seus méritos e o muito que ele valia, e também porque com o trato contínuo com ele e com os serviços que vos fazia, tinha obrigado o vosso coração, fazei que eu conheça suas virtudes e que as imite, para me fazer digno de seu amor.

Ó glorioso Patriarca, pai nutrício de Jesus, Esposo de Maria, pelo amor que tivestes a estes dois entes queridos, suplico-vos que me alcanceis o amor de Deus e uma devoção constante a estes meus queridos Jesus e Maria, e graça para aproveitar-me deste exercício. Amém.

DIA 19 DE MARÇO

MEDITAÇÃO

Porque foi tão feliz a morte de São José

PONTO 1. — A morte de São José foi felicíssima porque foi a morte do justo. Ao justo mandou Deus dizer que se alegrasse porque lhe iria bem na morte, e que nesse momento há de receber o prêmio e fruto do que sofreu e praticou em vida. Como foi até agora a tua vida?

PONTO 2. — A morte de São José foi a morte do servo fiel, a quem Nosso Senhor constituiu sobre sua família. Cumpriu ele fielmente seu ministério, foi guarda diligente de Jesus, esposo fidelíssimo de Maria. Que felicidade escutar na morte aquelas palavras: alegra-te, servo fiel, entra no gozo do teu Senhor. Como serves tu a Deus?

PONTO 3. — Foi São José administrador da herança e riqueza que Deus tinha na terra. Mas que conta tão boa soube ele dar! Guardou e defendeu a Jesus, alimentou a Deus, conservou a vida de Deus, foi custódio da Virgem Imaculada, Maria. Na hora da morte era justo que Deus lhe pagasse, que lhe pagasse Nossa Senhora… Agora é feliz para sempre!

FRUTO. — Pergunta-te frequentemente: como quereria ter servido a Deus na hora de minha morte?

ORAÇÃO

RESPONSÓRIO DE SÃO JOSÉ

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

De Jesus pai adotivo, Esposo da Virgem bela. Casto, fiel, justo, santo, Tudo alcança dele e dela.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

De Belém no pobre albergue Adora o infante divino Desterrado o guarda e ampara Perdido acha o Menino.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

Com teu trabalho alimenta Do universo o grande autor O Filho do Eterno Padre Lhe obedece com amor.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

Assistindo-lhe na morte, Vê Jesus e vê Maria, Que em brando sono lhe tornam Mortal extrema agonia

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Quem dá saúde e ventura E feliz morte deseja, Recorra a José piedoso, Seu devoto sempre seja.

ANTÍFONA — Eis aqui o servo fiel e prudente a quem o Senhor deu o governo da família.

V. Rogai por nós, bem-aventurado São José.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Para alcançar as graças que pedimos rezaremos em honra do santíssimo nome de São José quatro Pai-Nossos, Ave-Marias e Glória ao Pai com as seguintes jaculatórias:

JACULATÓRIAS

1.— Justíssimo José e Pai nutrício do Verbo encarnado alcançai-nos amor a Jesus e devoção constante a seu Sagrado Coração.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

2.— Obedientíssimo Patriarca e cabeça da Sagrada Família, por vosso amor e respeito à Imaculada Virgem nossa Mãe, eu vos peço devoção constante a esta augustíssima Rainha.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

3.— Sapientíssimo Patriarca, ilustrado com a verdadeira ciência do céu, pelos altíssimos conhecimentos que vos comunicou o Verbo e Sabedoria do Pai, peço-vos que me alcanceis fé nas verdades reveladas e a perseverança nela.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

4.— Esposo castíssimo da Esposa do Espírito Santo, e amador do amor divino, pela ardentíssima caridade com que cuidastes de vosso Deus e pelos sacrifícios que por ele sofrestes, peço-vos a virtude da caridade e amor de Deus até a morte.

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

ORAÇÃO FINAL PARA TODOS OS DIAS

Felicíssimo Patriarca, tão ternamente amado de Jesus e de Maria, que vos manifestaram esse amor principalmente na morte soberanamente preciosa que tivestes. Que consolação a vossa, meu amantíssimo protetor, quando nesse derradeiro instante, Jesus e Maria, assistindo a vosso lado, defenderam vossa alma dos insultos dos inimigos e a levaram depois ao seio de Abraão. Este instante espantoso há de chegar sem remédio para nós, e ainda na hora menos pensada: que será então de nossas almas? Vossa vida inocente e as heroicas virtudes que praticastes, e sobretudo a presença de vossos queridos Jesus e Maria vos deram essa preciosa tranquilidade com que passastes deste mundo. Mas que será de nós? Iludidos pelos inimigos e pelas paixões, nos entregamos muitas vezes em suas mãos ofendendo a Jesus, que nos há de julgar! Ah! amantíssimo Protetor nosso, à vista de uma vida tão pouco conforme a nossa fé, aguardamos com espanto a morte e a conta que depois dela nos espera! Ó pai e protetor nosso, nós sozinhos não ousaríamos aparecer nesse tão justo tribunal, onde é o mesmo Deus que nos há de julgar. Vimos portanto pedir-vos por vossa preciosíssima morte e é por vosso felicíssimo trânsito, a vossa poderosíssima proteção agora, para que vivendo uma vida digna do título que levamos, mereçamos também vossa proteção e assistência na morte. Manifestai, pai amantíssimo, vosso amor em nossa morte. Protegei-nos então, protetor nosso eficacíssimo, para que morrendo na graça de Deus, vamos convosco à morada felicíssima dos justos gozar de Jesus e de Maria por toda uma eternidade. Amém

Dia 19 de fevereiro – CIRCUNSTÂNCIAS DA MORTE

Vinde, ó Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso divino amor.

 

V. Mandai o vosso Espírito e tudo será criado.

R. E renovareis a face da terra.

OREMOS

Ó Deus, que doutrinastes os corações dos fiéis pela ilustração do Espírito Santo, concedei-nos que pelo mesmo Espírito Santo saibamos o que é reto e gozemos sempre de sua preciosa consolação. Amém.

ORAÇÃO PREPARATÓRIA

Senhor Meu Jesus Cristo, que tanto amor manifestastes a esse varão justo, a quem na terra dáveis o nome de pai, e que vos gozais nos louvores que damos às virtudes que ele praticou, e às grandezas e privilégios com que Vós mesmo o enriquecestes, fazei que conheçamos essas virtudes e que as pratiquemos.

Continue lendo Dia 19 de fevereiro – CIRCUNSTÂNCIAS DA MORTE

Dia 19 de Janeiro – Meditação: morte de São José

Aos leitores do site da Capela Santo Agostinho, estaremos a partir de hoje publicando a devoção dos Dias 19 de cada mês consagrados a São José. Reze conosco. Se você ainda não está cadastrado no site, clique aqui, e cadastre-se para receber no dia 19 de todos os meses as orações da devoção, além de muito mais conteúdo católico.

É prática geralmente admitida entre os devotos de São José consagrar-lhe o dia 19 de cada mês. Além da comunhão, costumam fazer outras preces, podendo servir para esse fim as seguintes:

-*-*-*-

Continue lendo Dia 19 de Janeiro – Meditação: morte de São José

Novena de Natal – Nono dia

24 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Continue lendo Novena de Natal – Nono dia

Novena de Natal – Oitavo dia

23 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Continue lendo Novena de Natal – Oitavo dia

Novena de Natal – Sétimo dia

22 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Continue lendo Novena de Natal – Sétimo dia

Novena de Natal – Sexto dia

21 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Continue lendo Novena de Natal – Sexto dia

Novena de Natal – Quinto dia

20 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Continue lendo Novena de Natal – Quinto dia

Novena de Natal – Quarto dia

19 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.T

Continue lendo Novena de Natal – Quarto dia

Novena de Natal – Segundo dia

17  DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Texto Bíblico (para meditação): São Lucas I,26-38

Continue lendo Novena de Natal – Segundo dia

Novena de Natal – primeiro dia

16 DE DEZEMBRO

Oração para todos os dias

Ó Jesus vivendo em Maria
vinde viver em vosso servo
com o espírito de vossa santidade
com a plenitude de vossas forças
na retidão de vossos caminhos
na verdade de vossas virtudes
na comunhão de vossos mistérios
para dominar as forças adversas
com o vosso Espírito, para a glória do Pai. Amém.

Texto bíblico para meditação (São Marcos 1,1-8)

Continue lendo Novena de Natal – primeiro dia

Consagração a Nossa Senhora Aparecida

Ó Virgem Santíssima, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil, eis-nos prostrados suplicantes, aos pés do Vosso trono, na certeza de obter de Vossa misericórdia as graças e a ajuda oportuna nas calamidades presentes, não em virtude de nossos méritos, que são poucos, mas unicamente pela imensa bondade do Vosso Coração maternal.

Os abomináveis pecados do mundo, as perseguições dirigidas contra a Igreja de Jesus Cristo, mais ainda, a apostasia das nações e de tantas almas cristãs, em suma, os esquecimentos por parte da maioria dos homens de que sois a Mãe da Divina Graça, tudo isso é agonia para Vosso Coração Doloroso e Imaculado, tão unido, em sua compaixão, aos sofrimentos do Sagrado Coração de Vosso Filho.

Nesses tempos calamitosos em que tantas almas se perdem viemos ao vosso Santuário suplicar a vossa proteção sobre nossas famílias, dilaceradas pela discórdia e pelo flagelo do divórcio.

Pedimos pelos nossos filhos, atraídos covardemente por um mundo apóstata da fé, que lhes acena com falsos prazeres, as drogas e uma impressionante  revolta contra a autoridade de Deus e de seus pais.

Pedimos também pela nossa Pátria, esquecida de vós e do Coração de vosso Filho, ela que nasceu sob o manto da Santa Cruz e que tantas glórias já trouxe para a Santa Igreja Católica, em tempos de maior devoção e vida católica.

Não permitais que os próximos anos se transformem em perseguições sorrateiras e silenciosas contra os direitos de Deus e de sua Igreja.

Dai-nos as graças que nos são tão necessárias para resistir a tantas mentiras e enganações, e fazei que sejamos fiéis às promessas do nosso Santo Batismo. Queremos viver sob o vosso manto e sob vossa maternal proteção e para tanto, consagramos nossas almas como filhos amorosos e confiantes, prometendo o esforço de nunca abandonar a oração do Terço e a devoção ao vosso Imaculado Coração, última tábua de salvação.

Assim seja.