Arquivo da tag: Sagrada Família

NOVENA AO GLORIOSO SÃO JOSÉ – PRIMEIRO DIA

Pelo sinal da Santa Cruz…

Vinde, ó Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso divino amor.

Mandai o Vosso Espírito e tudo será criado.

E renovareis a face da terra.

OREMOS: Ó Deus, que doutrinastes os corações dos fiéis pela ilustração do Espírito Santo, concedei-nos que pelo mesmo Espírito Santo saibamos o que é reto e gozemos sempre de sua preciosa consolação. Amém.

ORAÇÕES PREPARATÓRIAS PARA TODOS OS DIAS 

Deus e Senhor meu, uno e trino, Pai, Filho e Espírito Santo, creio que estou em vossa soberana presença agora, quando pretendo consagrar a São José esta novena. Amo-vos com todo o meu coração, porque sois infinitamente bom e digno de ser amado sobre todas as coisas. Adoro-vos com todo o acatamento de que sou capaz, arrependo-me dos muitos pecados que fiz contra vossa divina majestade. Quisera nesta novena aprender as virtudes que, com tanta perfeição, praticou o glorioso Patriarca, e alcançar por sua intercessão as graças de que tanto preciso. Mas, quem sou eu, Senhor, para Continuar lendo NOVENA AO GLORIOSO SÃO JOSÉ – PRIMEIRO DIA

Devoção dos Sete Domingos de São José. Quinto Domingo: Fuga ao Egito

CONSIDERAÇÃO

O Anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e lhe disse: levanta-te, toma o Menino e sua Mãe e foge ao Egito e fica lá até que eu te avise de novo. (Mt 2, 13). E ele levantando-se tomou o Menino e sua Mãe, de noite, e foi para Egito. (Mt 2, 14)

PONTO 1. — Considera, devoto josefino, a dor do glorioso patriarca vendo perseguido Jesus sem outra razão que ser Deus. Que mal podia ter feito uma criança de poucos dias? E quando se viu no mundo, ser perseguida uma criança, não já por crimes reais ou supostos, que podem ter cometido seus pais, senão exclusivamente por si mesma, sendo ela só o alvo da odiosa perseguição? Pois o que nunca se vira, experimenta agora S. José, vendo perseguido seu querido Jesus.

Escuta a ordem do Anjo: toma o Menino e sua Mãe e foge ao Egito. Mas quando? De noite? E sem nenhuma preparação, sem aviso prévio empreender uma viagem tão longa e caminhar ao exílio? Pena grande seria para o coração do ilustre Patriarca despertar sua amada Esposa, que Continuar lendo Devoção dos Sete Domingos de São José. Quinto Domingo: Fuga ao Egito

Devoção dos Sete Domingos de São José – Segundo Domingo: NASCIMENTO DE JESUS

CONSIDERAÇÃO

E deu a luz Maria a seu Filho primogênito, e o envolveu em paninhos, e encostou numa manjedoura, porque não havia lugar nas pousadas. (Lc 2, 7) Estava no mundo e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não o conheceu. (Jo 1, 10) Veio aos seus e os seus não o conheceram. (Jo 1, 11)

PONTO 1. — Disse Jesus, quando pregava depois o seu Evangelho: “As aves do céu têm seus ninhos e as raposas seus covis, mas o Filho do homem não tem onde encostar sua cabeça”. Cumpriu isso Jesus não só na vida pública senão que começou no seu nascimento: Continuar lendo Devoção dos Sete Domingos de São José – Segundo Domingo: NASCIMENTO DE JESUS

A primeira semana da pregação de Jesus

Por Dom Lourenço Fleichman

Meus caríssimos irmãos,

há uma passagem de São Paulo que o apóstolo nos diz que tudo que está escrito nas Sagradas Escrituras está escrito para nossa edificação. Nós temos, de fato, que tirar da Sagrada Escritura, do Evangelho, sobretudo do Novo Testamento, muitas e muitas verdades e muitas e muitas consolações. Quando nós paramos para ler um pouquinho os evangelhos descobrimos tantas coisas que mesmo depois de muitos e muitos anos, já envelhecendo, a gente continua descobrindo coisas novas. Como diz lá também Nosso Senhor no Evangelho: o pai de família tira do seu tesouro coisas novas e velhas.

Assim, eu queria trazer pra vocês hoje nesse evangelho das bodas de Caná a explicação de Continuar lendo A primeira semana da pregação de Jesus

Somos capazes de ser para o próximo, para os nossos familiares, aquilo mesmo que Cristo foi para nós

Por Pe. Flávio

Queridos fiéis, a liturgia segue trazendo para a nossa contemplação os mistérios da encarnação de Nosso Senhor, guiando nossas meditações com os textos das missas que temos a alegria de rezar.

A liturgia realmente nos entrega o conhecimento dos segredos íntimos de Deus, Nosso Senhor, esperando o nosso interesse, esperando o nosso desejo de alcançar toda a riqueza, toda a alegria, toda a fortaleza que o conhecimento de Deus nos dá.

Até o dia de hoje a liturgia havia estendido pela Continuar lendo Somos capazes de ser para o próximo, para os nossos familiares, aquilo mesmo que Cristo foi para nós