Arquivo da tag: santidade

Isso é de grande importância para os devotos de Nossa Senhora

É verdade! Realmente trazemos aqui uma mensagem muito importante aos devotos de Nossa Senhora. Leia-a até o final para não perder nenhuma informação importante.

Quem é leitor assíduo do site da Capela Santo Agostinho sabe o quanto temos trabalhado no resgate de uma secular devoção a Nossa Senhora que infelizmente caiu em desuso na modernidade: o Mês de Maria.

Por amor a Nossa Senhora, nos dedicamos a honrá-la de um modo todo especial dedicando alguns minutos do dia para a realização de algumas práticas como orações, exercícios de piedade, leituras cativantes e atos de virtude que, no decurso de um mês inteiro, aumentará no devoto a autêntica fé cristã e o fervor de seu amor por Nossa Senhora, levando-o à constância nas práticas virtuosas e favorecendo felizes frutos de santificação.

Bastante vivenciada pela cristandade antigamente, os fiéis devotos da Mãe de Deus nos dias atuais quando descobrem a magnífica devoção do Mês de Maria, prontamente buscam praticá-la, e se encantam quando praticam.

Nós da Associação Santo Agostinho sempre tivemos um grande desejo: Republicar a obra completa com o roteiro diário de todas as orações, leituras e exercícios propostos para quem deseja fazer o Mês de Maria. Enfim, neste ano de 2019, conseguimos! Nossa Senhora, medianeira de todas as graças, nos favoreceu.

A grande notícia a você que é devoto da Mãe de Deus e que nos acompanha em nossas atividades de evangelização, é que estamos lhe informando em primeira mão acerca do lançamento de tão edificante obra junto à Editora Permanência. Devido à escassez de recursos não nos foi possível produzir uma grande tiragem e deve esgotar bem rapidamente. Para garantir que você possa estar entre os que vão conseguir comprar nesta primeira edição, e ter tempo hábil para recebê-lo em casa pelos Correios antes do início do mês de maio, se ainda não está cadastrado em nosso site, clique no link abaixo e cadastre-se. Tão logo o livro esteja disponível à venda, você receberá por e-mail o link para acessar a página da editora e efetuar sua compra.

Quero receber o link para adquirir o Mês de Maria.

NOSSA SENHORA MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS, ROGAI POR NÓS!

Quaresma: É como se entrássemos em um combate de santidade

Sermão de São Leão Magno sobre a Quaresma – acerca da tentação de Nosso Senhor no deserto (S. Mateus 4, 1-11)

Há muitas batalhas dentro de nós: a carne contra o espírito, o espírito contra a carne. Se, na luta, são os desejos da carne que prevalecem, o espírito será vergonhosamente rebaixado de sua dignidade própria e isto será uma grande infelicidade, de rei que deveria ser, torna-se escravo. Se, ao contrário, o espírito se submete ao seu Senhor, põe sua alegria naquilo que vem do céu, despreza os atrativos das volúpias terrestres e impede o pecado de reinar sobre o seu corpo mortal, a razão manterá o cetro que lhe é devido de pleno direito, nenhuma ilusão dos maus espíritos poderá derrubar seus muros; porque o homem só tem paz verdadeira e a verdadeira liberdade quando a carne é regida pelo espírito, seu juiz, e o espírito governado por Deus, seu mestre. Continue lendo Quaresma: É como se entrássemos em um combate de santidade

Tornar a pecar mortalmente! Dificultoso é o remédio para o pecado nas pessoas espirituais

O pecado nas pessoas espirituais é gravíssimo!

Depois de uma confissão geral…

Depois de frequentar muito a oração e os sacramentos…

Depois de muitas instruções, desenganos e conselhos…

Depois de muitas luzes e benefícios divinos…

Tornar a cair em algum pecado mortal, de propósito e com plena advertência, este pecado, meus irmãos, é gravíssimo e de todos o mais agravante, o seu perdão é moralmente impossível!

O perdão deste pecado é mais dificultoso do que o de cem mil pecados mortais na primeira confissão geral!! Não vos admireis desta doutrina, nem vos pareça rigorosa, porque Continue lendo Tornar a pecar mortalmente! Dificultoso é o remédio para o pecado nas pessoas espirituais

Por que os santos se consideravam grandes pecadores

Lemos nas vidas dos santos que eles se consideravam como grandes pecadores. Alguns não compreendiam como Deus os deixava viver neste mundo, como lhes concedia a luz do sol e os bens da terra. Entre eles alguns havia que costumavam firmar as suas cartas com a assinatura: “Fulano, o pecador”. São João Batista, intimado a batizar a Jesus, disse que nem era digno de lhe desatar as correias dos sapatos. Por outro lado, há tantos homens mundanos que se julgam isentos de toda culpa e imperfeição moral.

Por que esta diferença? Será que os Santos eram de fato tão grandes pecadores, e que certas outras pessoas se dizem prodígios de virtude e santidade? Continue lendo Por que os santos se consideravam grandes pecadores

Como proceder na tentação [PARTE I]: Prevenir a tentação

Por Adolph Tanquerey

Para triunfar das tentações e fazê-las servir ao bem espiritual da nossa alma, três coisas principais se devem observar: 1º Prevenir a tentação; 2º Combatê-la vigorosamente; 3º Agradecer a Deus depois da vitória, ou levantar-se após a queda.

Trata-se especificamente de cada um destas três coisas em três postagens distintas. Nesta primeira postagem da série aborda-se a questão de como prevenir a tentação

Prevenir a tentação

Conhecemos o provérbio: Mais vale prevenir que remediar. É também o que aconselha a sabedoria cristã. Quando Cristo Senhor Nosso conduziu os três apóstolos ao jardim da Oliveiras, disse-lhes: “Vigiai e orai, para não entrardes em tentações”(Mt 26, 41). Vigilância e oração, eis pois, os dois grandes meios de prevenir a tentação.

Vigiar é estar de atalaia em torno da própria alma, para não se deixar colher de sobressalto. E é tão fácil sucumbir num momento de surpresa! Esta vigilância implica duas disposições principais: desconfiança de si mesmo e confiança em Deus.

É, pois, necessário Continue lendo Como proceder na tentação [PARTE I]: Prevenir a tentação